Presidente do BC do Japão diz a premiê que continuará com política monetária ultrafrouxa
17/05/2017  //     //  Empresas  //  Comments are off

O presidente do banco central do Japão, Haruhiko Kuroda, informou que disse ao primeiro-ministro, Shinzo Abe, que continuará com sua política monetária ultrafrouxa em uma reunião realizada nesta quarta-feira.

“Eu disse ao primeiro-ministro que a economia do Japão está se recuperando e continuará a crescer acima do seu potencial”, disse Kuroda a repórteres após a reunião.

“Nestas condições, os preços vão subir. Mas a inflação ainda está longe do nosso objetivo (de 2 por cento). Eu disse ao primeiro-ministro que continuaremos com nosso programa de afrouxamento monetário”, disse ele.

Em sua primeira reunião desde janeiro, Kuroda disse que não recebeu qualquer pedido particular de Abe sobre a política monetária.

O Banco do Japão mantém a política monetária desde que reformulou sua estrutura em setembro do ano passado, para uma mais adequada a uma batalha de longo prazo contra a deflação.

Com a economia se recuperando de forma constante, muitos analistas esperam que o próximo movimento do banco central seja uma redução do estímulo monetário ao invés de uma expansão.

Sobre o Autor:

Comments are closed.